Soeurs de Saint-Joseph de Cluny
http://sj-cluny.org/22-de-Marco-dia-de-solidariedade-e-de-oracao-UISG?lang=fr
      22 de Março: dia de solidariedade e de oração UISG

22 de Março: dia de solidariedade e de oração UISG

União Internacional das Superioras Gerais

Este não é o momento de descartar a culpa…. é mais o momento para cada uma de nós responder, em solidariedade com os outros, sobretudo com os mais vulneráveis e com os que correm maior risco durante esta crise sanitária. É tempo de seguir as orientações da Organização Mundial de Saúde e dos nossos respectivos governos. (UISG: União Internacional das Superioras Gerais)


É um tempo especial para a oração e para o testemunho através da solidariedade prática e da consciência de que temos a responsabilidade de cuidar uns dos outros. Este tempo extraordinário oferece espaço para actos de generosidade e expressões de gratidão, em particular, às que estão na linha da frente no cuidado dos doentes e às que estão na investigação para encontrar os medicamentos. Quem quer que sejam, ou onde quer que estejam, estão nos pensamentos e nas orações das irmãs de todo o mundo.

Por isso, convidamos todas as congregações membros da UISG a fazer, no próximo domingo, 22 de março, um dia de solidariedade e de oração mundial, especialmente para todas aquelas que lhe estão directamente afetadas.

Sr. Jolanta Kafka rmi
Presidente da UISG

CONTENÇÃO
 
Sim, há um medo.
Sim, há um isolamento.
Sim, há o peso do pânico.
Sim, há uma doença.
Sim, até há morte.
 
Mas,
Dizem que em Wuhan, depois de tantos anos de barulho,
Ainda consegues ouvir os pássaros.
Dizem que depois de uma semana de sossego,
O céu já não está impregnado de fumo,
Mas é azul, cinzento e claro.
 
Dizem que nas ruas de Assis,
As pessoas estão a cantar
nos lugares vazios,
Deixando as janelas abertas
para que aqueles que estão sós
possam ouvir falar das pessoas, à sua volta.
 
Dizem que há um hotel no oeste da Irlanda,
que oferece refeições gratuitas e as entrega a quem está confinado em casa.
 
Hoje, uma jovem que conheço,
Está a distribuir panfletos com o número do seu contacto, no seu bairro,
Para que os idosos possam ter alguém a quem recorrer.
 
Hoje, as Igrejas, as Sinagogas, as Mesquitas e os Templos preparam-se para acolher e proteger os sem-abrigo, os doentes, os cansados.
 
Em todo o mundo, as pessoas abrandam o ritmo e pensam,
Em todo o mundo as pessoas olham para os seus vizinhos de uma maneira nova,
Em todo o mundo, as pessoas acordam para uma nova realidade.
 
Como nós somos grandes!
O pouco controlo que temos.
O que realmente importa.
Um brinde ao amor.
 
Assim rezamos e recordamos que,
Sim, há um medo,
Mas não pode ser ódio.
 
Sim, há um isolamento,
Mas não deve ser solidão.
 
Sim, há as compras motivadas pelo pânico,
Mas, não deve ser ganância,
 
Sim, há uma doença,
Mas não pode ser a doença da alma.
 
Sim, há a morte,
Mas pode haver sempre uma renovação do amor.
 
Sê responsável pelas escolhas que fazes, pelo como viver agora.
 
Hoje respire,
Ouve, por de trás do barulho da fábrica do teu pânico,
Os pássaros cantam outra vez,
O céu abre-se,
A Primavera está quase a chegar,
E estamos sempre rodeados de amor.
 
Abre as janelas da tua alma
E mesmo que não consigas
Volta para a praça vazia.
Canta um pouco.
 
Canta!
 
P. Richard Hendrick, OFM

Réagir à cet articleReagir a este artigo

Alguma mensagem ou comentário ?

Fórum requer assinatura

Para participar nesse fórum, deve estar previamente registado. Por favor indique a seguir o identificador pessoal que lhe foi fornecido. Se não está registado, deve inscrever-se.

Ligaçãoinscrever-sepalavra - passe esquecida ?

Site Vaticano

Notícias Vaticano

União das Superioras gerais

Conferência dos Institutos Religiosos de Portugal (CIRP)

Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB)

Leituras da missa do dia

Santo(a) do dia

Províncias