Soeurs de Saint-Joseph de Cluny
http://sj-cluny.org/Dia-Mundial-de-Oracao-e-Reflexao-Contra-o-Trafico-de-Pessoas?lang=fr
      Dia Mundial de Oração e Reflexão Contra o Tráfico de Pessoas

Dia Mundial de Oração e Reflexão Contra o Tráfico de Pessoas

8 de Fevereiro, memória litúrgica de santa Josefina Bakhita
Durante seus últimos dias de vida, ela reviveu os momentos dolorosos de sua escravidão e mais de uma vez implorou: "Por favor, afrouxe as correntes ... são pesados!”


Santa Josefina Bakhita

Nasceu por volta de 1869 na Olgossa, Darfur, Sudão
Morreu: 8 de Fevereiro de 1947, na Itália
Ano da beatificação de 1992 (17 de Maio)
Ano da canonização em 2000 (1 de Outubro)

Data de Festividade: 8 de Fevereiro

Santa Josefina Bakhita, mais conhecida como "Mãe Moretta" (nossa Mãe Morena), levou 144 cicatrizes físicas ao longo de sua vida; cicatrizes que foram recebidas depois que ela foi sequestrada aos nove anos e vendida em escravidão.

A experiência traumática era tal que ela esqueceu o seu nome de nascimento e seus sequestradores deram-lhe o nome de Bakhita, que significa ’fortunada’. Açoitamentos e maltratamentos faziam parte de sua vida diária. Ela experimentou as humilhações morais e físicas associadas à escravidão. Foi apenas em 1882 que o seu sofrimento foi aliviado, depois de ter sido comprada pelo Cônsul Italiano. Este evento transformou sua vida. Nesta família e, posteriormente, em uma segunda casa italiana, ela recebeu de seus senhores, bondade, respeito, paz e alegria. Josefina veio a descobrir o amor de uma maneira profunda, apesar de que no começo não foi capaz de dizer qual era a fonte.
Uma mudança nas circunstâncias de seus proprietários, fez que ela fosse confiada às Irmãs Canossianas do Instituto dos Catecúmenos em Veneza. Foi lá que Bakhita acabou por conhecer Deus, que desde ela era uma criança "já tinha experimentado em seu coração sem saber quem era Ele ". Foi recebida na Igreja Católica em 1890, unindo-se às freiras e fez sua profissão perpétua em 1896. Os cinqüênta anos seguintes de sua vida foram gastados em testemunhar o amor de Deus através da cozinha, costura, bordado e atendendo à porta. Quando ela estava de serviço como porteira, ela gentilmente colocava as mãos sobre as cabeças das crianças que frequentavam a escola nas proximidades e acariciava-lhes. Sua voz era agradável para as crianças, e confortante para os pobres e sofredores. Ela era uma fonte de encorajamento. Seu constante sorriso ganhou os corações das pessoas, bem como sua humildade e simplicidade. À medida que avançava em idade, experimentava longos e dolorosos anos de doença, mas manteve-se perseverante na esperança, escolhendo sempre o bem. Quando visitavam-lhe e perguntavam como ela estava, ela respondia: "Como o Patrão deseja". Durante seus últimos dias de vida, ela reviveu os momentos dolorosos de sua escravidão e mais de uma vez implorou: "Por favor, afrouxe as correntes ... são pesados!” Rodeada pelas freiras, ela morreu no dia 8 de Fevereiro de 1947. (Juntos contra o tráfico de pessoas)

Oração

Vigília de oração 8 fevereiro de 2020 - Juntas/os contra o tráfico de pessoas

Vigília de oração 8 fevereiro de 2020


aa
aa
aa
aa
aa
aa
aa

Dia Mundial de Oração e Reflexão Contra o Tráfico de Pessoas

Rezemos:

Santa Josefina Bakhita, quando eras criança foste vendida como escrava e tiveste que enfrentar dificuldades e sofrimentos indizíveis. Quando foste libertada da tua escravidão física, encontraste a verdadeira redenção no encontro com Cristo e com a sua Igreja. Santa Josefina Bakhita, ajuda todos os que estão aprisionados na escravidão.
Em nome deles, intercede junto do Deus da Misericórdia, de maneira que as correntes da sua prisão possam ser quebradas.
Que o próprio Deus liberte quantos foram ameaçados, feridos ou maltratados pelo tráfico de seres humanos.
Dá alívio a quantos sobrevivem a esta escravidão e ensina-lhes a ver Jesus como modelo de fé e esperança, para que possam curar as próprias feridas.
Suplicamos-te que rezes e intercedas por todos nós: a fim de que não caiamos na indiferença, para que abramos os olhos e possamos ver as misérias e as feridas de tantos irmãos e irmãs privados da sua dignidade e liberdade e ouvir o seu brado de ajuda. Amém. (PREGHIERACONTROTRATTA.ORG)

Oração

Irmãs de São José de Cluny

Escravatura moderna

Rota das abolições da escravidão

Réagir à cet articleReagir a este artigo

Alguma mensagem ou comentário ?

Fórum requer assinatura

Para participar nesse fórum, deve estar previamente registado. Por favor indique a seguir o identificador pessoal que lhe foi fornecido. Se não está registado, deve inscrever-se.

Ligaçãoinscrever-sepalavra - passe esquecida ?

Site Vaticano

Notícias Vaticano

União das Superioras gerais

Conferência dos Institutos Religiosos de Portugal (CIRP)

Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB)

Leituras da missa do dia

Santo(a) do dia

Províncias