Soeurs de Saint-Joseph de Cluny
http://sj-cluny.org/Mensagem-de-Abertura-do-Capitulo-Geral-2018
      Mensagem de Abertura do Capítulo Geral - 2018

Mensagem de Abertura do Capítulo Geral - 2018

  • Télécharger l'article au format PDF Imprimer cet article
  • 20 de Maio de 2018
  • réagir
  • 4 votes

“Seremos conduzidas, rodeadas pela oração de cada uma das irmãs, especialmente das nossas irmãs mais idosas e das jovens das nossas casas de formação a quem confiamos esta intenção específica.”


Minhas queridas Irmãs,

Depois de semanas e meses de preparação, em que caminhámos com Ana Maria, nossa fundadora, chegámos ao termo da nossa caminhada neste bendito dia, a festa do Pentecostes, em que começarmos o nosso Capítulo Geral de 2018.

«Os apóstolos encontravam-se todos reunidos no mesmo lugar.2De repente, ressoou, vindo do céu, um som comparável ao de forte rajada ...3Viram então aparecer umas línguas, à maneira de fogo, que se iam dividindo, e poisou uma sobre cada um deles».Act 2,2

Nós, que estamos reunidas neste lugar para a celebração do nosso Capítulo, somos como os apóstolos no Cenáculo, com Maria, a mãe de Jesus. Vós chegastes do Norte e do Sul, do Oeste e do Leste, "vindo de todas as Nações sob o céu" ou quase! Com a diversidade do nosso encontro, ousaremos dizer que nossa assembleia capitular tem um gosto de Pentecostes?

O Espírito Santo, que é o elo de comunhão entre as pessoas da Santíssima Trindade e o «hóspede Divino» de cada pessoa batizada, cria a comunhão entre nós, animadas pelo mesmo Espírito. «A comunhão é o fruto e a manifestação do amor que, brotando do coração do Pai eterno, é derramado em nós através do Espírito que Jesus nos dá. Para fazer de todas nós «um só coração e uma só alma». Este é um ponto alto de comunhão entre os membros da nossa família religiosa. Seremos conduzidas, rodeadas pela oração de cada uma das irmãs, especialmente das nossas irmãs mais idosas e das jovens das nossas casas de formação a quem confiamos esta intenção específica. Estaremos também em comunhão com os contemplativos dos mosteiros que prometeram apoiar-nos com suas orações.

Nos próximos dias, a Palavra de Deus, partilhada todos os dias, assumirá um gosto especial e a Eucaristia, que é central na nossa vida diária, será ainda mais intensa durante este tempo do Capítulo.

« A Eucaristia é a oferenda ao Senhor das sementes de vitalidade que preparam e organizam os membros do Capítulo e o acolhimento de cada sopro que faz crescer. Ela está no coração das atividades do Capítulo, o seu pulmão». J.C. Lavigne O.P.

O Espírito Santo, que é o tecelão das relações, ajudar-nos-á a ter em conta as necessidades e os pontos de vista dos outros, a fim de participar efetivamente e deixar de lado os nossos interesses pessoais ou uma tentação de se fechar sobre si mesmo. Não é o Espírito Santo que faz a união entre nós, pelo vínculo da paz? Não é este Espírito de comunhão que deverá animar os nossos encontros e diálogos, os momentos de discernimento em busca comum pela Vontade de Deus para que o reino de Deus seja estabelecido no nosso mundo?

« Quando Ele vier, o Espírito da Verdade, há-de guiar-vos para a Verdade completa.» Jo 16, 13. A verdade não é o que sinto, mas o que a Palavra de Deus me diz.

É Jesus, a Verdade em pessoa, que nos diz: "A verdade vos libertará". Jo 8,32. É bem nesta verdade em relação a nós mesmas, nesta liberdade interior, abertura de mente e de coração, que nos deixaremos guiar pelo Espírito de Deus. É livremente que acolho as decisões e orientações que serão decididas e adotadas pelo Capítulo e com a mesma liberdade de repetir meu « sim » a essa renovação interior que nos será pedida pelo Espírito de Deus. Um convite «a não ter medo da novidade do que o Espírito Santo realiza em nós, a não ter medo da renovação das estruturas. A Igreja é livre. É o Espírito Santo quem a faz avançar. É o que Jesus ensina no Evangelho: a liberdade necessária para encontrar sempre a novidade do Evangelho na nossa vida e igualmente nas estruturas. A liberdade de escolher odres novos para esta novidade.» Papa Francisco

Na escola do Mestre, ouve-se: a vossa tristeza há-de converter-se em alegria … o vosso coração há-de alegrar-se e ninguém vos poderá tirar a vossa alegria …a vossa alegria será completa. " Jo. 16, 22. A alegria, dom do Espírito Santo! Fruto do Espírito!

Celebrar um Capítulo conduz-nos numa dinâmica de celebração com um gosto de festa, da alegria dos reencontros, dos cânticos, das liturgias, da convivência e uma dimensão de abertura ao inédito. Tem a sua dimensão festiva, mesmo se, por vezes, algumas de nós o vivem como um tempo de trabalho intenso ou como um percurso iniciático que pode ser causa de medo ou angústia. O desafio espiritual é repetir mutuamente a confiança dada a todas e recebida de cada uma, e assim nos damos mais força para continuar a construir a nossa história. Isto, naturalmente, dá o seu fundamento e legitimidade à alegria, ao prazer de estar juntas, no trabalho e na festa.

Para as discípulas missionárias, a alegria e a fecundidade parecem andar de mãos dadas. A alegria de estar com o Mestre, de permanecer nele, escutá-lo, de aprender com ele. Alegria de acolher seu amor, de ser, pouco a pouco, santificadas, alegria de transmitir a Boa Nova. A fecundidade da Missão não é sempre a obra do Espírito? No seguimento dos apóstolos, somos também chamadas a dar continuidade à missão de Jesus com audácia na fé e na Esperança de ver nascer um novo mundo: "Eu renovo todas as coisas" Ap. 21, 5

4 réactions


20 de Maio 20:05, por Herminia
Mensagem linda,cujas palavras nos animam no seguimento do Mestre Jesus.
Repleta do Evangelho, lança luzes sobre a nossa vida de religiosas peregrinas e nos convidam a viver o "cor unum et anima una" tão querido da Madre Javouhey.
Unidas pela oração e coração, suplicamos os dons do Espírito Santo sobre cada Capitulante.
Com o abraço da Vice Província do Brasil,
Ir. Hermínia

'; $text= str_replace("

","

",$texte); $text= str_replace("

","

",$texte); $text= str_replace("

","

",$text); ?>

- Responder a esta mensagem

  • 21 de Maio 12:30, por Maria Bela Rodrigues Coelho Confiança e fé para caminharmos como discípulas missionárias.
    Mensagem profunda.
    Estamos unidas e que o Espírito Santo caminhe convosco/connosco.
    Abraço fraterno da Comunidade Stº António

    '; $text= str_replace("

    ","",$texte); $text= str_replace("

    ","
    ",$text); $text= str_replace("

    ","",$texte); ?>

    -  responder

 


21 de Maio 13:01, por irmã Almerinda
Que bela mensagem e profunda no conteúdo... Somos discípulas Missionárias do Mestre, estamos a viver em Pentecostes.
O Noviciado Maria Rainha e Mãe acompanha na oração.
Abraço fraterno
do Noviciado 

'; $text= str_replace("

","

",$texte); $text= str_replace("

","

",$texte); $text= str_replace("

","

",$text); ?>

- Responder a esta mensagem

  • 22 de Maio 12:40, por Maria Ludovina Lemos Querida Sr. Claire,
    Muito obrigada pela profunda mensagem da abertura do Capitulo Geral. A comunidade Nª Sra. da Paz- ANADIA acompanha na oração os vossos trabalhos. As 2 Irmãs mais idosas da comunidade, asseguram diariamente uma hora de adoração. Abraço de todas nós. Pela comunidade,
    Ir. Mª Ludovina Lemos

    '; $text= str_replace("

    ","",$texte); $text= str_replace("

    ","
    ",$text); $text= str_replace("

    ","",$texte); ?>

    -  responder

 

Réagir à cet articleReagir a este artigo

Alguma mensagem ou comentário ?

Fórum requer assinatura

Para participar nesse fórum, deve estar previamente registado. Por favor indique a seguir o identificador pessoal que lhe foi fornecido. Se não está registado, deve inscrever-se.

Ligaçãoinscrever-sepalavra - passe esquecida ?

Site Vaticano

Notícias Vaticano

União das Superioras gerais

Conferência dos Institutos Religiosos de Portugal (CIRP)

Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB)

Leituras da missa do dia

Santo(a) do dia

Províncias