Soeurs de Saint-Joseph de Cluny
http://sj-cluny.org/Sessao-sobre-a-Formacao-na-Congregacao
      Sessão sobre a Formação na Congregação

Sessão sobre a Formação na Congregação

"Reacender a Chama do Discípulo em mim". Tal era o tema da Sessão de Formação que teve lugar na Casa Mãe de 01 a 14 de agosto de 2016. Estiveram 48 Irmãs, representando 60 países , comprometidas ao nível da formação inicial junto das jovens em discernimento duma vocação à vida religiosa e muito particularmente nas Irmãs de S. José de Cluny!


Esta sessão de duas semanas foi animada pelo Padre Ronald McAinsh, C.Ss.R. – com intervenções de:

  • Padre George Auduc,

e das Irmãs:

  • Marie-Noël Lefrançois,
  • Dominique Primevert,
  • Marie-Simone Ignaci,
  • Matilde Faneca,
  • Clare Stanley

– todas Irmãs de São José de Cluny.

A Superiora Geral, Soeur Claire Houareau, abriu e encerrou a Sessão com uma mensagem.
Os dias desenrolaram-se segundo um programa de intervenções e partilhas e com trabalhos em grupo nos seguintes âmbitos:

  • Chamada a ser discípula / A Vida Consagrada – elementos essenciais
  • Espiritualidade de Ana Maria Javouhey
  • A atualidade do nosso carisma
  • Visão da formação de Ana Maria Javouhey
  • Como interpretar hoje esta visão da formação
  • Filosofia, teologia, espiritualidade e psicologia da formação
  • Formação humana
  • Formação para a missão: tendo em conta o contexto
  • Elementos do contexto : Tecnologia digital, Redes Sociais e Formação
  • Papel da Formadora
  • Importância do acompanhamento espiritual
  • Etapas da Formação
  • A caminho do Livro da Formação
  • Questões a aprofundar / Formulários

A celebração de abertura bem como a liturgia de encerramento, e mesmo a nossa oração cotidiana, visaram constantemente o “reavivar a chama que nos inflama” . Soeur Claire na sua mensagem de conclusão lembrou-o:


"Gostaria de vos lembrar a nossa celebração de abertura onde utilizamos o rito simbólico inspirado na imagem do « fogo debaixo das cinzas » de Joan Chisttister O.S.B. « Grieshog », encenado duma forma tão bela por algumas de vós … o processo que consiste em deixar as brasas cobertas com a cinza durante a noite a fim de preservar o fogo para o frio da manhã seguinte. Associada à « Grieshog » há outro costume Irlandês que é de transmitir o fogo dum lar ao outro. Quando uma jovem casa ou quando uma família muda de casa, levam uma brasa incandescente do seu primeiro lar para acender o fogo no novo lar... Se cada uma de vós fizesse o mesmo e transmitisse estas brasas novas, vermelhas e incandescentes, levá-las convosco, aos vosso locais de apostolado, e às vossas respetivas comunidades, tudo o que vos restaria a fazer, será de continuar « reacender em vós a chama do discípulo ». E toda a gente ficará abrasada !

Agradecemos a todas as Irmãs da Casa Mãe que tanto contribuíram para o desenrolar desta Sessão assim como todas as nossas Irmãs que, com o Padre Christopher Hogg C.Ss.R, assumiram as traduções ao longo de toda a sessão.

Ver photos em Cluny Flickr

Réagir à cet articleReagir a este artigo

Alguma mensagem ou comentário ?

Fórum requer assinatura

Para participar nesse fórum, deve estar previamente registado. Por favor indique a seguir o identificador pessoal que lhe foi fornecido. Se não está registado, deve inscrever-se.

Ligaçãoinscrever-sepalavra - passe esquecida ?

Site Vaticano

Notícias Vaticano

União das Superioras gerais

Conferência dos Institutos Religiosos de Portugal (CIRP)

Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB)

Leituras da missa do dia

Santo(a) do dia

Províncias