Soeurs de Saint-Joseph de Cluny
http://sj-cluny.org/Dia-Mundial-das-Missoes-de-2018
      Dia Mundial das Missöes de 2018

Dia Mundial das Missöes de 2018

« Acolhemos, com uma disponibilidade renovada e com alegria, o apelo a sermos Discípulas Missionárias para um mundo novo. » (Convocatória para o Capítulo Geral)


O último Capítulo Geral convidou todas as Irmãs de S. José de Cluny a viver mais autenticamente o nosso carisma de discípulas missionárias para um mundo novo. Agora, para O Dia Mundial das Missões, o Papa Francisco pede a « todos os cristãos, que vivem na Igreja a aventura da sua existência como filhos de Deus, especialmente os jovens, a levar o Evangelho a todos ».

Na mensagem do Papa para o Dia Mundial das Missões ressoam as nossa Prioridades Missionárias Cluny, que são as seguintes :

  • Radicalidade Evangélica
  • Discípulas missionárias, avancemos ao largo !
  • Colaboração para a Missão
Em eco à « Radicalidade Evangélica »

O Papa Francisco diz que a vida é, em si mesma, uma missão que faz nascer uma força interior de amor e que o amor nos atrai tanto quanto nos envia… « Muitos homens e mulheres, muitos jovens entregaram-se generosamente, às vezes até ao martírio, por amor do Evangelho ao serviço dos irmãos. A partir da cruz de Jesus, aprendemos a lógica divina da oferta de nós mesmos (cf. 1 Cor 1, 17-25) como anúncio do Evangelho para a vida do mundo (cf. Jo 3, 16). Ser inflamados pelo amor de Cristo consome quem arde e faz crescer, ilumina e aquece a quem se ama (cf. 2 Cor 5, 14). Na escola dos santos, que nos abrem para os vastos horizontes de Deus, convido-vos a perguntar a vós mesmos em cada circunstância: «Que faria Cristo no meu lugar?»

Em eco a « Discípulas missionárias, avancemos ao largo »

O Papa Francisco convida-nos a ir em frente e transmitir a fé até às extremidades da terra. « Hoje para vós, queridos jovens, os últimos confins da terra são muito relativos e sempre facilmente «navegáveis». O mundo digital, as redes sociais, que nos envolvem e entrecruzam, diluem fronteiras, cancelam margens e distâncias, reduzem as diferenças. Tudo parece estar ao alcance da mão: tudo tão próximo e imediato... E todavia, sem o dom que inclua as nossas vidas, poderemos ter miríades de contactos, mas nunca estaremos imersos numa verdadeira comunhão de vida. A missão até aos últimos confins da terra requer o dom de nós próprios na vocação que nos foi dada por Aquele que nos colocou nesta terra (cf. Lc 9, 23-25). Atrevo-me a dizer que, para um jovem que quer seguir Cristo, o essencial é a busca e a adesão à sua vocação.»

Em eco « Colaboração para a Missão »

O Papa Francisco diz que « nós » anunciamos a Boa Nova. Caminhamos juntos !... « Crescer na graça da fé, que nos foi transmitida pelos sacramentos da Igreja, integra-nos num fluxo de gerações de testemunhas, onde a sabedoria daqueles que têm experiência se torna testemunho e encorajamento para quem se abre ao futuro. E, por sua vez, a novidade dos jovens torna-se apoio e esperança para aqueles que estão próximo da meta do seu caminho. Na convivência das várias idades da vida, a missão da Igreja constrói pontes intergeracionais, nas quais a fé em Deus e o amor ao próximo constituem fatores de profunda união.»

As delegadas ao Capítulo Geral Cluny representam 2 500 Discípulas Missionárias no mundo…

Réagir à cet articleReagir a este artigo

Alguma mensagem ou comentário ?

Fórum requer assinatura

Para participar nesse fórum, deve estar previamente registado. Por favor indique a seguir o identificador pessoal que lhe foi fornecido. Se não está registado, deve inscrever-se.

Ligaçãoinscrever-sepalavra - passe esquecida ?

Site Vaticano

Notícias Vaticano

União das Superioras gerais

Conferência dos Institutos Religiosos de Portugal (CIRP)

Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB)

Leituras da missa do dia

Santo(a) do dia

Províncias